Monica Uehara
Como já havia comentado antes, aaaaamo salgadinhos. E por incrível que pareça o melhor quibe que eu já provei foi aqui mesmo, na "Chaveslândia" (lê-se Venezuela).
Uma senhora de origem árabe faz quibes divinos e os vende em uma lanchonete, e é lógico, que ela guarda o segredo de tão divinos quitutes a sete chaves. Mas, eu, curiosa que sou e no "desespero" de voltando ao Brasil, não mais provar os maravilhosos salgadinhos (rsss), resolvi experimentar fazê-los. E não é que deu certo!!!!? Puxa, fiquei tão feliz!!!
Você pode estar perguntando: "Mas o que tem de diferente este quibe, que o quibe do Habibs´s não tem?" rssss. Bem, além de muito sequinho e crocante por fora, e macio por dentro, o referido quitute tem um "tempero especial" (que eu concluí, ser uma mistura de louro em pó, noz moscada e "canela".)
O curioso é que eu nunca tinha feito quibes e sempre ouvi dizer que o maior problema era que na hora de fritar, eles desmancham. Aiai!! Mas, resolvi seguir a risca umas dicas pescadas aqui e ali e o resultado foi ótimo! Vamos à receita, então:
Veja também a receita de quibe recheado de forno aqui.
Para 15 quibes:

Ingredientes:

Veja também como modelar risoles passo-a-passo clicando aqui.
Veja também como modelar coxinhas passo-a-passo clicando aqui.

1/2 kilo de carne moída (patinho)
200 gramas de trigo para quibe
uma pitada de canela em pó
uma pitada de louro em pó
uma pitada de noz moscada
2 colheres de azeite
sal e pimenta a gosto
óleo para fritar

Preparei assim:

Deixei de molho o trigo em água de um dia para o outro. No dia seguinte, escorri a água e espremi bem o trigo em uma peneira, para tirar o máximo de água possível.
Separei um terço da carne moída e refoguei em uma panela com o azeite, uma pitada de cada tempero e sal. Reservei.
À parte, misturei o restante da carne moída que estava crua com o trigo, os temperos e o sal. Aí vem o pulo do gato: Bati essa mistura no processador de alimentos.( Descobri nas minhas pesquisas que era preciso sovar muito bem a massa, como fazem os árabes, para que o trigo "soltasse a liga", e assim quando eu fosse fritar, os quibes não esfarelassem.).

A massa após passada no processador 

Os quibes, prontos para serem recheados.

A massa ficou muito boa para modelar os quibes. Sem grudar nas mãos,e não ficou quebradiça. Aí, foi só recheá-los com carne moída refogada e fritar em bastante óleo. O óleo deve estar bem quente.

Dicas extras: Dica da minha amiga Léia do Blog Receitas Culinárias: Ao invés de passar a massa no processador, como eu faço, esta também pode ser passada no moedor de carne.
14 Responses
  1. Fla Says:

    Eu sou do time das que ama quibe de paixão!
    E acho um dom modelar quibe viu...risos...os meus geralmente viram bolinhas...hahaha.
    Adorei sua receita.
    Eu costuma usar a pimenta síria que é deliciosa e tem um gostinho de canela maravilhoso!
    Beijos
    Fla


  2. Obrigada pelo carinha minha querida. To tentando resolver o problema com o selo do TOPblog.

    uM BEIJO


  3. Retribuindo a vista. Eu tambem sou apaixonada por salgados, principalmente coxinha, adorei. Parabéns.


  4. Gina Says:

    Também faço quibe passando no processador, é perfeito esse processo, mas a minha receita é bem diferente dessa. Ainda não publiquei, mas qualquer hora aparece por lá.
    A pitada de canela tem cara mesmo de comida árabe e seu quibe ficou atraente.
    Boa semana!


  5. Uuuummm que buenas. Me encantan te copio esta receta
    Un beso guapa!!!


  6. chris Says:

    eu amoooooooooooooooo vou fazer !!


  7. Geica Says:

    Huuuuuuuuuuuuuuuummmmm!!! Que delicia, quero mais muito maiiiiiiiiiss. Beijos


  8. GLAUCIO Says:

    Oi eu fiz e esperimentei este kibe e muito bom.
    mas aqui vai uma receita realmente arabe.
    500g de farinha para kibe.
    650g de carne moida magra.
    1 cebola grande.
    3 dentes de alho.
    2 pimentas bodinha.
    um masso de hortelam pequeno.
    20g de margarina.
    30g de sal.
    650 ml de agua.
    suco de dois limão.
    2 colheres de shoyu.
    colouque a farinha demolho por 4 h
    na agua fria misture todos os igredientes e moa duas veses em um moedor de carne recheie e modele como preferi e frite.


  9. magda Says:

    Já comi um quibe semelhante feito por uma grande amiga turca que mora em Bh , realmente esses ingredientes dá um sabor maravilhoo ao quibe, uma delícia!!!


  10. Léia Says:

    Oi Monica quibe é tudo de bom né, quando eu fazia encomendas para festa passava a carne com o trigo pelo moedor de carne, também funciona para quem não tiver o processador.;)Adorei
    as dicas e principalmente a receita, ficaram lindos e apetitosos.Beijos querida.


  11. Maria Says:

    Olá amiga,boa tarde,sou Maria Viana Rafaldini,obrigada pelo convite,bom domingo para voce beijos


  12. Maria Says:

    Olá amiga,boa tarde,sou Maria Viana Rafaldini,obrigada pelo convite,bom domingo para voce beijos


  13. Boa noite,Mônica.Excelente essa receita de kibe.Há tempos buscava essa massa crocante e que pudesse ser recheada sem quebrar nem dar muito trabalho para modelar.Depois de passar pelo processador,ficou perfeita.Recheei,também, com catupiry.Parabéns.


  14. Obrigado por compartilhar sua descoberta, moro na Argentina e também faço tudo em casa coxinha, risoles, empadinhas aprendi a fazer ate linguiça calabresa defumada e modéstia a parte ficou mais gostosa que a comprada no Brasil kkkk emfim quando estamos fora da terrinha a gente se vira kkkkk beijos