Monica Uehara

Pessoas queridas, até virmos morar aqui na Venezuela eu só conhecia o "Rum com passas" rsss. Primeiro porque eu não apreciava bebidas alcóolicas, e segundo porque esta bebida não é muito popular no Brasil. O rum "está para a Venezuela" (e acredito que para boa parte do Caribe)  como a Cachaça "está para o Brasil". Hoje posso dizer que adoro!! Aprendi a apreciar e perceber os aromas que compõem a bebida. E aprendi também que sua utilização culinária vai muito além de "aromatizar passas" rssss.

1796 0 rum premiado
Há um certo "culto e cuidado em torno da produção desta bebida" aqui, e por isso a Venezuela se orgulha de produzir os melhores runs do mundo. No último ano o Rum 1796 produzido pela Destilaria Santa Tereza foi considerado o melhor do mundo em um concurso realizado no Texas, E. U.A.




Envelhecimento em barris de carvalho

Uma curiosidade, é que na Venezuela existe uma legislação que para uma bebida ser considerada rum, é necessário, no mínimo DOIS anos de envelhecimento em barris de carvalho.






Fachada da Fazenda
No domingo passado nós visitamos a Fazenda Santa Tereza, localizada em El Consejo, a 60 km de Caracas, onde é produzido o referido Rum premiado, além de outras variedades desta bebida.
O passeio é bem interessante e traz bastante conhecimento sobre a produção e história do rum.

Vale a pena! O custo foi de 100 bolívares fortes (a moeda local), equivalente a  25 dólares no câmbio oficial.

Além do tour pela Fazenda, explanação e demonstração de como são produzidos os barris de envelhecimento, a destilação e produção da referida bebida, há ainda um mini curso com a degustação de vários tipos de runs produzidos ali, licores e coquetéis cujo ingrediente seja esta bebida. Gente, não dá pra provar tudo senão a gente sai de lá tropeçando, rsss.
O passeio é realizado neste trem

O passeio  pela Fazenda tem a duração de duas horas e se assemelha aos tours realizados em algumas vinícolas.

A única decepção foi um restaurante gourmet localizado no interior da Fazenda, em que todos os pratos contém o rum como ingrediente.
Os pratos servidos não tinham nada de excepcional. Pedi um risoto de limão que mais parecia uma pasta de arroz meio ácida. E  a torta três leches (que é a minha favorita aqui) não estava uma delícia como costuma ser sempre, até nos lugares mais simples. Mas, tudo  bem, o resto do passeio compensou o almoço "mais ou menos".

Mini curso e degustação da bebida
Recebemos muitas informações interessantes lá, e para que o post não fique gigantesco, resolvi escrever uma série de posts referentes ao tema, abordando curiosidades como: a produção e destilação do rum; sugestões de coquetéis contendo o rum como ingrediente.
Bom, por hoje é só pessoal!! Hasta Pronto!





Veja aqui uma receita de Mojito com limão siciliano.