Monica Uehara

Pessoas queridas, como a maioria já sabe, estou grávida (7 meses de gravidez, jááááá´!!). Maria Eduarda deve chegar no começo de abril! E por isso tenho me preocupado em manter uma alimentação saudável (na medida do possível). Graças a Deus não sofro com problema de pressão alta, mas conheço várias pessoas com este problema. Outro dia recebi um e-mail tratando deste assunto e só agora resolvi ler, mas achei de extrema importância e resolvi dividir as informações com vocês!!
Sempre soube que sal em excesso é prejudicial à saúde, etc, etc, como todo mundo já deve ter ouvido falar. Mas nunca tinha pensado em questões, como: Por que faz mal à saúde? O sal é  necessário ao organismo? Qual a quantidade de ingestão de sal recomendada?
Estou disponibilizando uma apresentação em Power Point no 4shared, a qual explica tudo isso de forma beeem didática, fácil mesmo. Penso que vale a pena conhecer, principalmente para a gente que aprecia comer bem e cozinhar bem!
A seguir apresento um resumo das questões abordadas na apresentação. Mas, se você quiser ler a íntegra é só clicar abaixo e fazer o download no 4shared, ok? Acredito que vale mesmo a pena!!

O sal é necessário ao organismo?
O sal é composto por cloro e sódio. O sódio é necessário ao organismo. Ele tem funções nobres como:
- Controlar o equilíbrio de água.
- Contribuir para transmitir os impulsos nervosos do cérebro para todo o corpo.
- Permitir a contração muscular.
- Participação da regulação do ritmo do coração.


Qual a quantidade de ingestão de sal recomendada pela Organização Mundial de Saúde?
5 gramas diárias. O que equivale a 1 colher de chá.

Como o sódio provoca pressão alta?
A ingestão excessiva de sal faz aumentar a quantidade de sódio no sangue. Mas, o equilíbrio entre sódio e água no organismo tem que ser perfeito. Existindo mais sódio, precisa haver mais água.
Este aumento do volume de sangue por causa do aumento da quantidade de água (para diluir o sódio) faz aumentar a pressão dentro das artérias, provocando a Hipertensão Arterial.
A pressão alta dentro das artérias vai machucando suas paredes, que podem se romper (derrame) ou entupir (enfarto).

Para ver o texto completo faça o  Download aqui.