Monica Uehara

Pessoal, muitos amigos já me perguntaram sobre o "famoso" doce de arroz e feijão japonês. O Moti! Então, para quem não conhece, apresento agora. Este é o moti.
Por fora o ingrediente principal é o arroz e o recheio é feito com um tipo de feijão chamado azuki (é bem diferente do feijão que consumimos nas refeições aqui no Brasil). Pode parecer "esquisito" à primeira vista, não é? Mas garanto que é muito gostoso. A massa por fora, me lembra a massa do "bolinho de estudante" e por dentro parece "doce de batata doce". Digo que para mim a parte do arroz se parece com o "bolinho de estudante" (que experimentei em Salvador e amei!), porque outro costume é fritar os motis sem recheio após passá-los no açúcar e aí tanto a textura quanto o sabor ficam parecidos com os bolinhos de estudante.
Para nós brasileiros é diferente mesmo. É mais ou menos como o abacate, que é consumido salgado na grande maioria dos países latinos e aqui no Brasil a gente gosta dele doce com limão!. Lembro que quando morávamos na Venezuela e eu dizia que gostava de abacate com açúcar todo mundo "torcia o nariz". rsss.



Este docinho está para os japoneses (pelo menos para a minha família) como o brigadeiro está para os brasileiros. Sabe aquele "gosto de festa"? Ele está presente nas festas, em comemorações, principalmente na  festa de "ano novo". Diz a tradição que dá muita sorte comer moti na virada do ano (assim como no Brasil acreditamos que romã, uva dão sorte.)

Para quem mora em São Paulo vale a pena conferir no bairro da Liberdade no dia 31 de dezembro o ritual do moti. Nesta data, as pessoas se reunem lá para fazerem o moti artesanalmente (como manda a tradição) na rua, e depois os doces são distribuidos para as pessoas presentes. É muito bacana!!

Se não quiser esperar até o fim do ano para experimentar, o doce é vendido na maioria das lojinhas de comida oriental. Uma bandejinha com mais ou menos 8 doces custa aproximadamente 6 reais.

Fica a dica!

Mais docinhos japoneses aqui.