Monica Uehara

Há bastante tempo eu queria escrever este post, sobre o que comprar no bairro da Liberdade, em São Paulo. Cresci visitando sempre este bairro, que eu adoro!
Aos domingos há uma feira de comidas típicas e artesanato super legal, lá. Vale a pena visitar. Mas, procure chegar bem cedo, pois perto da hora do almoço a feira costuma lotar de gente e fica até dificil caminhar.
Outro evento legal que "rola" por lá é a comemoração da chegada do Ano Novo, que deve ocorrer por volta dos dias 30, 31 de dezembro. Há a cerimônia de preparo do moti (veja aqui o post sobre moti) e muitos rituais legais para o Ano Novo. Costumava ir com meu pai lá todos os finais de ano. Tenho memórias incríveis deste lugar.
As fotos estão feias porque as tirei usando o celular e estava um dia bem nublado e chuvoso. Não quis levar a máquina fotográfica neste dia. Aliás, é preciso cuidado ao andar por lá, pois não é um dos bairros mais seguros.

Praça da Liberdade. 
Para quem vai de metrô, o acesso é super fácil. Basta descer na estação Liberdade e sair em direção à praça da Liberdade. Virando à direita, você irá em direção à Rua Galvão Bueno. É nesta rua onde eu costumo comprar "comidinhas" de origem japonesa.


A região é encantadora. Por todos os lados há estas lanternas tipicamente orientais e até o comércio local é
caracterizado com motivos orientais..
Costumo comprar na loja Marukai, que fica na Rua Galvão Bueno, 34, logo no início da Galvão Bueno.Não sei se os preços ou a qualidade dos produtos são melhores em relação às outras lojas. Compro lá sempre, talvez pelo hábito e pela facilidade, pois já sei onde ficam a maioria dos produtos. Tem sempre filas longas para pagar, mas, muitos caixas trabalhando. Então "a fila anda depressa".


Andar pelos corredores, para mim, "é uma festa".Muitos e  muitos produtos interessantes. Dá vontade de ver e comprar vários deles. Na grande maioria dos produtos, há informações em português, no verso.


Além dos produtos industrializados, importados do Japão, há também muitos produtos "in natura" (shitake, shimeji, frutas e verduras variadas) ou fabricados artesanalmente aqui no Brasil (tofu 650 gramas, paguei R$ 4,30; um pacote com aproximadamente uma dúzia de guiozas paguei R$ 6,50 (veja o post sobre guiozas, aqui) ; uma bandeja grande de sushis variados R$ 20,00, a bandeja menor com mais ou menos uns 8 sushis, custava em média R$ 8,00). Tem também, o itokonyaku, por lá (conhecido como miojo que emagrece, veja o post aqui), mas, desta vez, não comprei. Acabei enjoando e não posso nem ver.


Estes docinhos embalados um a um, são bem legais para presentear. R$ 13,50.

Docinhos japoneses variados para presente. 

Não vivo sem este gengibre em conserva. Adoro. R$ 6,00 o vidro.


Uma bandeja grande de sushis variados, custa em média R$ 20,00. As bandejas menores, em média R$ 8,00.

Amo os docinhos japoneses! Comprei uma bandeja de doces variados, contendo, moti, manju, gelatina kanten (de algas) por R$ 7,25.

Moti, manju, gelatina kanten.
Tofu.
Guioza
Veja também o post " O que comprar na zona cerealista de São Paulo."